Após pressão do Sinteata SP empresas cedem e reajuste será definido por trabalhadores em Assembleias

05/02/2020



Após intensa negociação com o sindicato patronal, o SINTEATA SP divulgou em sua página oficial no Facebook, a resposta sobre a tão aguardada proposta de reajuste da categoria para 2020.

O presidente do sindicato, Paulo Henrique reforçou  o entendimento junto às empresas empresas de que a cláusula que impedia o fechamento da CCT (Convenção Coletiva do Trabalho), não era relevante para o momento em questão e que portanto, não haverá nenhum problema junto ao MPT (Ministério Público do Trabalho).

“Após uma longa negociação, alcançamos  um consenso e a partir de agora, convocaremos toda a categoria para decidirmos nosso reajuste em assembleias”, afirmou o presidente do sindicato, Paulo Henrique.

Para saber mais informações a respeito, não deixe de acompanhar o site oficial http://www.sinteata.com.br