Notícias Femaco

Em encontro com lideranças, Roberto Santiago reafirmou o seu compromisso com profissionais de asseio e conservação

16/05/2018



Neste sábado (12), foi realizado um evento preparatório na cidade de Atibaia, interior do estado, para o lançamento da pré-campanha do presidente da Femaco, Roberto Santiago, que aceitou o convite do Partido Socialista Brasileiro (PSB) e dedicou sua decisão aos que formam “a base da pirâmide social”,  as categorias representadas pela Femaco e Siemaco: Trabalhadores de Asseio e Conservação.

Com o apoio da diretoria de sindicatos filiados à Femaco, Roberto Santiago contou ainda com a presença de sua família e lideres políticos de 13 regiões do interior de São Paulo.

“Todos nós somos trabalhadores. Os nossos adversários são outros…”. Com esta afirmação forte, Santiago assumiu o desafio para retornar ao Congresso Nacional como representante dos trabalhadores brasileiros e aumentar a bancada sindical na busca de leis que defendam o trabalho, os profissionais, se dispondo a rediscutir as reformas trabalhista e previdenciária.

“Roberto Santiago é uma liderança política de expressão, um homem do diálogo e amigo. Trabalharemos para reconduzi-lo novamente ao Congresso Nacional”, afirmou o líder da Campanha, o prefeito de Atibaia, Saulo Pedroso.

O diretor financeiro do Siemaco, André Santos, ressaltou a história de Roberto Santiago no movimento sindical como representante dos trabalhadores da limpeza. Sobretudo, a importância de contar com o trabalho político do sindicalista, que expandirá a sua atuação no Congresso Nacional como porta-voz dos trabalhadores.

Na sequência, depoimentos da esposa Fabiane, do filho Tico e de amigos sindicalistas emocionaram a todos.

História de luta

“Esta história começou lá atrás, há décadas, mas não dá para continuar como a base da pirâmide, sendo humilhado. É preciso avançar outros patamares”, enfatizou Santiago. Taxativo, disse que o trabalho sindical é essencialmente político, “da luta pela categoria ao sindicalismo-cidadão”.

“Não somos mais o sindicato dos faxineiros, disse garantindo não saber não falar aquilo que pensa. “Eu sei a sociedade que o Brasil precisa e ninguém apagará o que fá foi realizado”, disse categório.

Para Santiago, é preciso agir hoje para garantir a reforma que o Brasil precisa. Principalmente, investir em ações voltadas para a educação, à juventude e valorização dos prefeitos. Denunciou que a caneta dos grandes não é favorável aos pequenos, mas o contrário..

“Os sindicatos precisam assumir o compromisso de eleger gente com a mesma vocação”, convocou. Ressaltou que os trabalhadores e os micro pequenos e médio empresários estão do mesmo lado e precisam ser valorizados com políticas públicas.

Disposto a retomar a sua luta política, sem abandonar a classe trabalhadora, Roberto Santiago agradeceu aos trabalhadores da limpeza. Reconheceu a importância da sua origem sindical na construção de sua trajetória intelectual, moral e política.

 

32471990_1707126539367655_8389783107347152896_n 32247236_1707126616034314_5391850511165030400_n 32257658_1707126302701012_5440380867060957184_n 32260768_1707126262701016_8292204418204434432_n 32260999_1707126169367692_8349485349059166208_n 32267259_1707126129367696_8209333273336217600_n 32271655_1707126742700968_5812736948028047360_n 32281060_1707126622700980_1838928236768133120_n 32286628_1707126006034375_2864325148675145728_n 32293451_1707126059367703_4253154612552400896_n 32313460_1707126109367698_3909163736853643264_n 32313565_1707126236034352_3897735327095193600_n 32313866_1707126276034348_1007525613117898752_n 32314149_1707126419367667_6180073633860288512_n 32416393_1707126189367690_6847543003704197120_n 32419960_1707125956034380_5850406250755391488_n 32420290_1707126386034337_9098639671113547776_n 32423002_1707126349367674_9129845335823220736_n 32423071_1707126559367653_8524749993607692288_n 32464382_1707126512700991_4463104648479244288_n 32313555_1707153492698293_7186325982448451584_n 32267048_1707153496031626_820024606743068672_n